ALIMENTAÇÃO: 9 Dicas para quem quer comer melhor

( ALIMENTAÇÃO) Comer melhor é um dos principais desejos das pessoas, embora nem todas consigam. Muitas reclamam da falta de tempo, dinheiro ou da falta de informação sobre como melhorar a alimentação.

Essas podem ser algumas crenças que limitam as pessoas nessa zona de conforto, e cada uma tem seu próprio ritmo para tomar a decisão de mudança para comer melhor.

Mas vamos dar uma mãozinha com algumas informações que podem ajudar nesse processo de mudança de alimentação. ( E tem vídeo no final com informações extras e receita – tudo pra facilitar e acelerar o processo).

ATITUDES QUE AJUDAM A MELHORAR A ALIMENTAÇÃO

 

1) Coma o que você gosta e precisa

A bola da vez é a alimentação intuitiva, que prega que o corpo sabe o que precisa, por isso, não podemos proibir nada, mas devemos equilibrar e entender o nosso comportamento alimentar.

Por exemplo, se você precisa comer doces todos os dias, pode precisar de uma dose extra de glicose, porque está com falta de energia. Pode ser porque está com uma dieta muito reduzida ou está com algum quadro de ansiedade.

Assim, antes de parar de comer doce, é importante entender os motivos que fazem você ter esse desejo pelo doce, caso contrário, não vai conseguir ficar sem, já que o seu corpo está pedindo.

 

2) Coma com calma

O ideal é que uma refeição não dure menos do que vinte minutos.

Além disso, é importante comer com atenção em seu prato e no momento da refeição.

Isso porque metade das enzimas digestivas são secretadas por estímulos sensoriais (visão, olfato, tato, paladar).

Por isso, a dica é deixar o celular, TV ou pensamentos de lado na hora de se alimentar. O foco deve ser aquele momento. Além disso, mastigar bem os alimentos, favorece a digestão, melhorando ainda a saciedade e a ansiedade.

 

3) Evite líquidos durante a refeição 

Não beba água ou sucos enquanto você come. Eles podem atrapalhar a digestão e prejudicar a mastigação. Beba líquidos 30 minutos antes ou só 60 minutos depois que comer.

 

4) Tenha horários certos para as refeições

Seguir os mesmos horários para as refeições faz com que o corpo mantenha uma estabilidade nutricional e hormonal – ele sabe como regular o que tem, porque entende que vão chegar alimentos novos no mesmo horário.

 

5) Como mais vezes ao dia

Comer a cada três horas ajuda a melhorar nossa disposição, reduz a perda de músculos e diminui a fome, evitando a compulsão alimentar.

 

6) Beba água

Beber mais de dois litros de água por dia ajuda a melhorar a hidratação e transportar os nutrientes que precisamos.

 

7) Coma mais fibras

Quando consumimos mais fibras, vamos sentir menos fome e nosso organismo vai funcionar melhor. Uma dica é sempre acrescentar fibras nas refeições. Podem ser farinhas, como chia e linhaça, como ainda aumentar o consumo de vegetais.

 

8) Fuja dos industrializados

É muito difícil levar uma vida sem industrializados, mas o ideal é diminuir o consumo desses alimentos, assim como os embutidos e processados, substituindo por alimentos que sejam preparados em casa. Por exemplo, ao invés dos biscoitos e bolos prontos, opte por fazer o bolo em casa ( só não pode ser pó que vem no saquinho, rs).

O problema é que esses alimentos costumam ter substâncias químicas que não são reconhecidas pelo nosso corpo e podem causar efeitos de intoxicação e até levar à algumas doenças, com o consumo exagerado.

 

9) Substitua alimentos refinados por integrais

O alimento refinado é aquele que passou por vários processos químicos, como o açúcar branco, arroz branco, farinha de trigo, pães brancos. Ou seja, eles tem mais substâncias que podem prejudicar o funcionamento do nosso organismo.

Uma dica é substituir por alimentos integrais, que ainda não passaram por esses processos e ainda conservam os nutrientes que estão na película do grão.

Por isso, eles são ideais para manter o nível adequado de açúcar no sangue, ajudam as bactérias que ficam no intestino, controlam o colesterol e a fome.

 

Para saber mais SUBSTITUIÇÕES de alimentos, veja o vídeo com a nutricionista Tainá Gaspar. Ela ainda preparou uma FEIJOADA com substituições nutritivas e saborosas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SOBRE TAINÁ GASPAR

• Nutricionista formada pela Faculdade de Saúde Pública da USP/SP.

• Especialista em Nutrição e Metabolismo Esportivo pelo GANEP.

• Instrutora de Mindful Eating (Comer com Atenção Plena) pelo protocolo Eat For Life (Mindfulness Based Eating Solution – MBES).

• Formação em Meditação Mindfulness para Nutrição pelo Projeto Nutrição & Consciência.

• Aprofundamento em Nutrição Comportamental através de cursos de extensão do Instituto de Nutrição Comportamental e capacitação do Instituto de Alimentação Consciente e Intuitiva (IACI).

• Aprofundamento em Nutrição Vegetariana de forma teórica e prática através de experiência pessoal, cursos com profissionais renomados da área, congressos e trabalhos em restaurante e eventos relacionados ao tema.

Post Autor
Mirella Bergamo
Mirella Bergamo é jornalista, apresentadora e produtora de conteúdo digital. Depois de sofrer com a Síndrome de Burnout ( grave esgotamento físico e mental) decidiu começar uma trajetória de mudança de vida, com foco no autoconhecimento e saúde integral. Suas experiências e o desejo de inspirar outras pessoas deram origem ao Eu Melhor.

MENSAGEM

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o Eu Melhor no Instagram

O Eu Melhor também está no Instagram!
Desenvolvedor Web - Relbert Ribeiro