8 passos pra acabar com a preguiça de fazer exercícios físicos

Sempre fui muito senhor de si, achando que sempre que quisesse entraria em forma rapidamente. Também tinha uma autocrítica fraca, achando que estava rendendo maravilhosamente bem nos meus exercícios. Na verdade, não estava.

Escutando algumas pessoas queridas (que muitas vezes precisam nos dar uns “pescotapas”), lendo e me inspirando em casos de sucesso, posso dizer que estou em processo de transformação e já dei vários passos, e muitos ainda virão.

Em minha opinião, o esporte é uma obrigação, seja ele qual for. E junto com ele vem o controle do seu peso, a boa alimentação e principalmente, a sua disposição e satisfação. Mas sempre dá preguiça praticar exercícios físicos.
É claro que não se pode confundir preguiça com descanso. Ou seja, nosso corpo e nossa mente precisam descansar, e uma boa noite de sono e intervalos saudáveis ao longo de um dia de trabalho são fundamentais.
Mas se estiver descansado e mesmo assim não conseguir fazer exercícios, eu vou dar algumas dicas que tem me ajudado.

 

1) FOQUE QUE VAI GANHAR TEMPO E NÃO PERDER
Esporte leva a superar desafios e a controlar ou perder peso. Com isso seu corpo entra na rotina que você determina em termos de alimentação. Toda vez que pratico esporte e depois tomo aquele banho, sinto um prazer de ter concluído uma etapa, tenho disposição para fazer mais coisas, e portanto o dia rende mais.

2) CRIE UM RITUAL DIÁRIO
Já pratiquei esporte com temperaturas a partir de -3 graus Celsius e sei que o inverno está por vir. A questão aqui é o impulso para sair de casa com a roupa adequada, tão simples quanto isso. É a questão da força de vontade. Coloca a roupa, prepara a música e vai correr. Ou pedalar. Ou fazer ginástica. Simples assim. Uma vez ouvi o Dr. Dráuzio Varella em sua palestra falando, “ponha a roupa e se olhe no espelho”. Em outras palavras, você vai desistir agora?

3) INCLUA O EXERCÍCIO NA SUA ROTINA
Na prática é importante tomar uma decisão. Qual será a rotina? Como me planejo para o dia? Pratico esporte de manhã ou de noite? Em 24 horas dá pra fazer muita coisa. E dá pra trabalhar bem (estou falando aqui de um dia pesado de 12 horas), fazer exercício, ter tempo de qualidade com filhos, amigos e família, ler ou estudar um pouco, fazer networking e dormir pelo menos 7 ou 8 horas. E quando você está viajando a trabalho, é perfeitamente possível ter uma rotina que é muito mais que trabalho e hotel. Acredite, tudo isso é possível.

4) INSPIRE QUEM ESTÁ PRÓXIMO
Cabe a você lutar, constantemente, contra a preguiça. Caso contrário, esse negócio contagia e aí você pode ficar preguiçoso. Portanto procurar incentivar quem está próximo a praticar, movimentar o esqueleto e executar é muito saudável também.

5) NÃO DÊ DESCULPAS PARA SI MESMO
Acharmos que podemos fazer as coisas amanhã ou quando der é muito normal. Mas lembre-se que isso muitas vezes gera uma sobrecarga a você mesmo, ou não te permite fazer algo pois o prazo acabou, ou uma conta a ser paga com multa, ou ainda uma situação em que você terá de escolher uma coisa ou outra, e ambas são cruciais, ou seja, o tempo vira seu inimigo.

6) NÃO INTERROMPA O RITMO
Se você fica 10, 15, 30 dias sem fazer nada, é mais difícil retomar. É claro que as lesões são um caso a parte e existem profissionais para ajudar nisso. Mas a constância é fundamental.

7) ANALISE AS MUDANÇAS NA AUTO-ESTIMA E HUMOR
E não podemos esquecer de um tema importante. Quanto melhor você se sente, quanto melhor você se vê, mais forte você será para enfrentar seus desafios, com bom humor e auto-estima lá em cima. Ah, e tem o final de semana não é mesmo? Eu garanto a você que eles serão melhor aproveitados, por experiência própria.

8) PERCEBA OS RESULTADOS
Fácil falar, mas como bom engenheiro, tenho alguns fatos e dados.
Em Janeiro deste ano estava pesando 89.5 kg, e com uma rotina sedentária, jogando tênis uma vez por semana, no máximo e correndo esporadicamente. Hoje, mesmo tendo mudado do Rio de Janeiro para Aberdeen, ou seja, uma mudança abrupta de clima e cultura, já estou pesando 81.5kg. E estamos em Maio ainda! Quase dois sacos de arroz foram embora desse corpo. Hoje corro de 3 a 4 vezes por semana, e faço exercícios em casa pelo menos 3 vezes por semana.

Como em tudo que fazemos, é necessário trabalho, disciplina e vontade. E isso sim é uma prática saudável!

Post Autor
Ricardo Maltez
Ricardo Maltez é formado em Engenharia Metalúrgica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), pós-graduado em administração pela FGV e possui MBA Executivo Internacional na FIA. É um entusiasmado por gestão de pessoas e pela aviação.

MENSAGEM

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o Eu Melhor no Instagram

O Eu Melhor também está no Instagram!
Desenvolvedor Web - Relbert Ribeiro