O projeto “aposentadoria saudável” deve começar antes do que imagina

Todos nós queremos chegar bem de saúde na melhor idade e por isso devemos nos preocupar e conquistar a tão falada qualidade de vida já por volta dos 35 ou 40 anos.

A expressão “ninguém ficará jovem para sempre”pode até não servir para o nosso exterior, porém os órgãos internos sofrem com o passar dos anos e estão sujeitos à genética e hábitos alimentares da pessoa. A finalidade de tudo isso é: chegarmos à longevidade mas com qualidade de vida.
Estudos mostram que europeus ainda estão ativos com 60 anos ou mais devido o estilo de vida e aos cuidados desde cedo com a saúde. No Brasil estamos na contra-mão: os hábitos deletérios da infância e adulto jovem como obesidade, colesterol alto, diabetes influenciam na senilidade saudável.
A ciência comprova que a boa alimentação, exercícios físicos regulares, autoestima elevada, vida social e relações gratificantes são importantes para a longevidade saudável.
Falando em dieta, o povo que vive às margens do Mar Mediterrâneo tem um estilo de vida que a Organização Mundial de Saúde considera a mais saudável que existe: a pirâmide da dieta Mediterrânea consiste em na sua base estar exercícios físicos e lazer com os entes queridos, seguido de alimentos integrais e regionais e de preferência pouco industrializados. No topo da pirâmide estão os alimentos que devemos comer em menor quantidade como a carne vermelha e os doces, porém é uma dieta que não restringe nenhum tipo de alimento. O protagonista dessa dieta é o azeite de oliva como parte ou tempero de muitos pratos e também o consumo do vinho ou suco de uva moderadamente como protetor de doenças.
Pensando nisso avalie a sua vida e combata os vilões da qualidade de vida: a obesidade e as doenças associadas à ela com boa alimentação e atividade física regular.
O ambiente de trabalho também deve ser saudável, faça a sua parte sendo prestativo, gentil, apoiando os colegas, ajudando a combater vícios do fumo e o sedentarismo.
Comece a sua longevidade agora mesmo: vá ao médico, tenha ajuda nutricional, priorize um tempo só para você com o que gosta:ler, ver filme,viajar.
Saia do sedentarismo e encontre uma atividade prazerosa como dançar ou andar de bicicleta. Sempre monitore o seu peso pois varações pequenas são normais , mas ganhos maiores que 5% do peso atual já comprometem a saúde.
Tenha um sono restaurador! ( mas esse já é um tema para o próximo post).
Fabiana Alves
Post Autor
Fabiana Alves
Fabiana é Médica gastroenterologista pela Federação Brasileira de Gastroenterologia e AMB. Membro do Círculo Saudável Medicina Integrativa. Escritora do blog e Fanpage Saúde Mediterrânea.

MENSAGEM

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga o Eu Melhor no Instagram

O Eu Melhor também está no Instagram!
Desenvolvedor Web - Relbert Ribeiro